"Lo que más me importa en este mundo es el proceso de la creación"
G.G.Márquez

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

GENTE MUITO PERTO de 14 a 16 de Janeiro no Teatro do Bairro


Dias 14 e 15, 21:30 I Dia 16, 17H e 21:30 
Rua Luz Soriano, 63 (Bairro Alto),1200-246 Lisboa
INFORMAÇÕES E RESERVAS APENAS POR TELEFONE
21 347 33 58 ou 91 321 12 63 (16h - 20h)
LEVANTAMENTO DE RESERVAS E VENDAS: Na bilheteira, uma hora antes do espetáculo

domingo, 6 de dezembro de 2015

Em ensaios. 
Estreia dia 14 de Janeiro no Teatro do Bairro. 
Interpretação: Ana Sofia Paiva e Nuno Nunes

quinta-feira, 10 de setembro de 2015


Encontrou este anúncio e está a pensar em vir contar-nos a sua história?
Seja muito bem-vind@!

QUEM SOMOS? 
A Casear é um grupo de teatro formado por profissionais de diferentes áreas do teatro de de países diferentes, que se dedica à criação de espectáculos, formação e mediação artística. 
Desde a nossa formação, em 2009, criámos: "Aniñando", "Bi e Dão", "Entre Laços", "O Bicho da Malha" e, mais recentemente, uma das nossas actrizes a viver no Algarve, criou um monólogo chamado "O Caracol". 
O nosso processo de criação não passa, geralmente, pela encenação de um texto dramático, mas sim pela pesquisa e documentação de um tema que é, durante os ensaios, transformado em peça de teatro. Chamamos a este processo "documentação". A "documentação" passa sempre por algum tipo de relação com as pessoas e lugares, desta vez convidámos as pessoas a vir ao nosso encontro, e não o contrário. 
Os nossos espectáculos têm viajado por todo o país e por Espanha. Na área de formação e mediação, temos trabalhado com o Centro Cultural de Belém, com o Museu Colecção Berardo, com a Fundação Calouste Gulbenkian, com o Centro de Arte Manuel de Brito e com o Teatro Municipal de Portimão. Pode ver mais sobre o nosso trabalho explorando um pouco o nosso blog. 
PARA QUE ESPECTÁCULO SERÃO ESTAS HISTÓRIAS?
"Gente muito Perto" será o título da nossa nova criação. Será um espectáculo sobre casais, com dois actores: Ana Sofia Paiva e Nuno Nunes. A encenação será de Sofia Cabrita e a cenografia de Sara Franqueira. O espectáculo ante-estreará em Dezembro em Santo André, através da Ajagato (também em Santo André faremos um convite à população para nos contarem as suas histórias). Temos depois programadas algumas apresentações em diversos Festivais e salas do país e Açores e uma carreira em Lisboa, durante 2016. 
Este projecto tem o Apoio à Criação da Fundação Calouste Gulbenkian. 
COMO SERÁ O ENCONTRO PARA CONTAR A SUA HISTÓRIA?
 Para nos contar a sua história terá de marcar uma hora nos dias 19 ou 20 de Setembro, ligando para o nº no anúncio ou enviando um email. A Daniela ou a Susana, as produtoras do espectáculo, explicarão e farão a marcação. Foi-nos disponibilizado um espaço muito central e acolhedor: o café 1890, do Coliseu dos Recreios, nos Restauradores (Lisboa). No encontro (sempre individual), estarão os actores, a cenógrafa e a encenadora. Será apenas uma conversa, com chá, café e bolos, como em qualquer boa conversa!
Não serão feitos quaisquer registos vídeo, nem áudio. 
SE NÃO PUDER/QUISER  ESTAR PRESENTE?
Os encontros serão em Lisboa (19 e 20 de Setembro) e em Santo André (17 de Outubro), se não puder/quiser contar-nos a sua história ao vivo, poderá escrever-nos um email (gentemuitoperto@gmail.com), ou enviar-nos uma carta para: 
Apartado 009604 (colocar apenas o apartado, sem nome algum)
Pode enviar-nos a sua carta ou email em qualquer altura, até 31 de Outubro.

Todos os que participarem serão convidados de honra  para o(s) espectáculo(s), claro!





quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

CARACOL - de e com Rita Rodrigues

Por vezes, somos rebeldes porque fazemos perguntas incómodas: 'É preciso ir tão depressa?' ou 'Será que precisamos mesmo de tudo isto para sermos felizes?'

A partir de "História de um Caracol que descobriu a importância da lentidão" de Luís Sepúlveda, e com encenação e interpretação de Rita Rodrigues, "Caracol" dá a conhecer a história de um caracol que tenta perceber o porquê da sua natureza, mesmo que o percurso para chegar a respostas seja, por vezes, sinuoso. 

Depois da estreia e várias apresentações no TEMPO - Teatro Municipal de Portimão, este espectáculo está disponível para digressão! Estejam atentos! 
Contactos: casear.teatro@gmail.com

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Cozinh´arte Museu Colecção Berardo - 2ºs domingos de cada mês

  
Um momento performativo entre a cozinha de autor e a fértil imaginação das crianças…
Duas personagens singulares que acreditam que tudo tem uma receita, e um «cozinhífrico», uma sofisticada máquina de preparação de onde tudo pode sair, uma bancada de trabalho regulamentada e uma ferramenta inusitada. Será então no museu que vamos encontrar inspiração para construir estas criaturas que quando viajarem para outras paragens vão levar a história das obras de arte.

Próximo - "Que grande lata" 08 de Fevereiro 2015  - 11h
Para Famílias e crianças a partir dos 2 anos! 



sábado, 14 de junho de 2014

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Centro Cultural de Cascais 
9 de Novembro, Sábado
15h
ENTRADA GRATUITA
Reservas: 21 481 56 60/5

Um curioso bairro, um curioso bidão de onde saem pernas por um lado, braços e cabeça por outro, formando um corpo só: o corpo de Bi e Dão! Ora Bi e Dão, estão fartas de ver sempre os mesmos sítios e as mesmas pessoas. Aquele bairro parece não ter nada de novo… É então que decidem partir à aventura e embarcar numa longa viagem. China, Brasil, Cabo-Verde, Ucrânia, Índia... A volta ao mundo à distância de uma conversa!